fbpx
HEADER-ARTIGO---O-que-é-Enxaqueca
HEADER-ARTIGO---O-que-é-Enxaqueca

A enxaqueca é uma condição crônica, de base genética, que gera uma predisposição a desenvolver crises recorrentes de dores de cabeça, junto com outros sintomas como náusea, desconforto com a luz, o barulho, os cheiros e o esforço físico.

O professor Peter Goadsby do King’s College de Londres, um dos maiores estudiosos desse tema, explica que a enxaqueca é “uma instabilidade na forma como o cérebro lida com as informações sensitivas, e essa instabilidade pode sofrer influência de fenômenos fisiológicos como o sono, atividade física e o a fome ou o apetite”.

Por um lado, devido a sua base genética, a enxaqueca é uma condição sem cura. Por outro lado, trata-se de uma predisposição a crises, ou seja, mesmo que uma pessoa tenha essa base hereditária, com um tratamento e cuidados adequados, ela pode ter suas crises controladas e viver uma vida normal. Entretanto, algumas pessoas acabam desenvolvendo crises frequentes e o problema pode se tornar uma bola de neve.

O que vai determinar a quantidade, a intensidade e a incapacidade das crises é a somatória de 3 fatores:

    1. A base genética: determina a facilidade que uma pessoa tem de desenvolver crises de enxaqueca;
    2. Os fatores gatilhos, condições (internas e externas) que estimulam ou desencadeiam as crises;
    3. Os fatores protetores, que diminuem a tendência a ter crises, e vão na contra-mão dos fatores gatilhos.

Portanto, uma pessoa com alta susceptibilidade a crises, exposta a múltiplos gatilhos, e sem fatores protetores, fica sob alto risco de sair da condição enxaqueca para entrar na doença enxaqueca, capaz de determinar um grave comprometimento da qualidade de vida.

Alguns fatores de gatilho bem conhecidos são: privação de sono, jejum prolongado, estresse emocional, queda dos níveis de estrogênio (que acontece na mulher no período pré-menstrual); entre os fatores protetores mais importantes: atividade aeróbica regular (30 minutos, 3x/semana), alimentação e sono regulares e controle adequado das crises.

Informação é fundamental para o melhor resultado do tratamento! Se quiser saber mais sobre cefaleias, siga nossos posts (@drmarcionattan).

Dr. Marcio Nattan - Neurologista

Dr. Marcio Nattan é Neurologista pela FMUSP, membro da Sociedade Brasileira de Cefaleia e membro da International Headache Society. CRM-SP 149524

Gostou do conteúdo? Então compartilhe!

Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Contatos

Entre em contato por meio dos canais de comunicação: