fbpx
HEADER-ARTIGO---Dia-Internacional-de-Conscientizacao-Cefaleia-em-Salvas
HEADER-ARTIGO---Dia-Internacional-de-Conscientizacao-Cefaleia-em-Salvas

A Cefaleia em Salvas é uma doença rara, mas extremamente incapacitante. Essa forma de dor de cabeça já foi chamada de cefaleia do suicida, tamanho o desespero que pode causar. O fato mais assustador é que o diagnóstico demora em média 10 anos para ser realizado!

Ela é mais comum em homens, e as características típicas são: dor muito intensa, exclusivamente de um lado da cabeça, comumente atrás do olho (sensação de uma facada ou agulhada), e que se acompanha de sintomas como lacrimejamento, vermelhidão ou inchaço do olho, escorrimento nasal, queda da pálpebra, sempre do mesmo lado da dor. Esse suplício pode durar de 15 minutos até 3 horas! Geralmente não aparece com uma crise isolada: pode se repetir até 8 vezes por dia, e por semanas a meses.

Esses sintomas não são normais, e são pouco comuns em outras formas de cefaleia ou outras doenças. Por isso devem levantar um alerta para essa condição.

O mais importante: existem tratamentos capazes de diminuir a dor, interromper a crise e até mesmo evitar que novos episódios se repitam.

Hoje, dia 21 de Março, é o dia Internacional de Conscientização da Cefaleia em Salvas.

Ajude a divulgar essas informações. Assim você pode mudar a história dessa doença!

Dr. Marcio Nattan - Neurologista

Dr. Marcio Nattan é Neurologista pela FMUSP, membro da Sociedade Brasileira de Cefaleia e membro da International Headache Society. CRM-SP 149524

Gostou do conteúdo? Então compartilhe!

Compartilhar no email
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Contatos

Entre em contato por meio dos canais de comunicação: